domingo, maio 03, 2009

PROGRAMA MULHERES JUNTO Á FONTE

MULHERES JUNTO À FONTE

Música: Mulheres Junto à Fonte -

Todas

Daniela D:

Beber e nunca ter sede. Muitas mulheres seguiram Jesus desde a Galiléia, para

servi-lo. Elas sabiam que Ele era a Fonte de onde brotava “água viva”. Ele era o Pão que

descia do céu: “... Não é o caso de vossos pais, que comeram o maná e morreram: quem

comer este pão viverá para sempre”.

Vasti:

Nos desertos secos e poeirentos de Israel, as fontes não eram apenas a origem da

água para a comunidade. Onde não há água, não há vida. E assim é com Cristo. Deus fez

d’Ele a Fonte da Vida para nós.

Kathleen:

Vivia na Galiléia uma mulher que sofria há doze anos com um fluxo de sangue.

Pela lei Mosaica, ela era impura. Ela havia gastado todo o seu dinheiro com médicos,

experimentando remédios, na esperança de poder ser curada. Mas nada pôde aproveitar.

Kelly:

Então, um dia, ela ouviu falar de um Mestre, que curava, e que estava em sua cidade...

Música: Perto Pra Tocar

(só instrumento, bem suave)

Kelly:

... Uma Fonte de água viva, cheia, transbordando. Ela só tinha que chegar até Ele.

Perto o bastante para beber, perto o bastante para tocar.

Música: Perto Pra Tocar –

Todas com um solo

Kelly:

Curada imediatamente. Por quê? Porque ela acreditou.

Karen:

“Tua fé te salvou”.

Vivian:

Segundos depois, um pai abatido, que tinha acabado de receber a notícia da morte de

sua filha, ouviu Jesus: “Não temas. Crê somente.” E Jesus foi com o homem à sua casa, e

entrou aonde sua filha estava deitada e, tomando-a pela mão, restaurou-lhe a vida. Fé é

acreditar.

Gabriela:

Até agora, enquanto nos maravilhamos com a fé dos pais da menina, temos

pensado: O que essa jovem pôde ter experimentado?

Deixar seu corpo por algum tempo e ir par ap mundo dos espíritos? E porque foi ela a

escolhida? Para se tornar um milagre do Salvador e tomar parte no Seu maravilhoso plano?

Música: Jesus Minha Luz

(só instrumento, bem suave)

Gisele: “

Eis aqui a serva do Senhor...”

Música: Jesus, Minha Luz, 44 -

Todas

Adriana:

“... Na Galiléia... o povo que andava em trevas viu uma grande luz, e sobre os que

habitavam na região da sombra da morte, resplandeceu a luz”.

Eloilda:

E aquela Luz maravilhosa não foi desfrutada apenas pelos da Galiléia. A presença

iluminadora de Jesus se espalhava por toda Israel, procurando aqueles que andariam na Sua

luz e obteriam vida através dessa mesma luz.

Amanda:

Vivia na cidade de Betânia da Judéia uma família a quem Jesus muito amava. Um

dia, a sombra da morte caiu sobre essa casa. Á notícia foi enviada a Jesus, para que viesse

rapidamente mas, mesmo assim, Jesus decidiu esperar.

Sonia P:

A tradição dos judeus dizia que o espírito da pessoa morta permanecia próximo ao

corpo por quatro dias antes de ir para sua eterna morada. Jesus queria mostrar que seu poder

não estava sujeito a tradições, então Ele, propositalmente, esperou até que os quatro dias

estivessem passado.

Música: Se Tu Estivesses Aqui

(só instrumento, bem suave)

Gabrielly:

Enquanto isso, a família continuava a prantear pelo amado irmão, a quem eles não

poderiam ajudar e achavam que não mais com eles, de novo, nessa vida.

Música: Se Tu Estivesses Aqui –

Lauréis, MAS e 2ª voz

Izabel:

Ele está sempre aqui. E todo o poder Lhe é dado no céu e na terra. Todo o poder. Não

existe nada muito difícil para Ele. Ele pode trazer de volta á vida os corpos que descansam

nas sepulturas. E Ele pode elevar a vida espiritual daqueles que sofrem nas prisões do

pecado.

Tamara:

Havia uma mulher, com seu passado cheio de pecados, que veio a Jesus enquanto

Ele comia na casa do fariseu. Mesmo havendo ela se aproximado com mansidão e

humildade, o fariseu condenou no seu coração. Jesus, sabendo dos pensamentos do fariseu,

considerou a mulher e disse:

Debora:

“... Simão... vês tu essa mulher? Eu entrei na tua casa e tu não lavaste meus pés;

mas ela tem me lavado os pés com lágrimas e os enxugado com os cabelos de sua cabeça.

Tu não me beijaste; mas desde que aqui cheguei esta mulher não tem parado de beijar meus

pés. Tu não ungiste minha cabeça, com óleo, mas ela tem me ungido os pés com

ungüento...”.

Música: Amor que Cristo Demonstrou

(só instrumento, bem suave)

Daniela D:

“... Portanto eu te digo, os pecados dela, que são muitos, são perdoados; porque

ela muito amou... E disse à mulher: Tua fé te salvou; vai em paz.”

Música: Amor que Cristo Demonstrou, 157 –

Apenas 1ª estrofe todas

Vasti:

“Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá.” Aquele que

ergueu Sua mão sobre o mar tempestuoso e disse: “Cala-te, aquieta-te”, pode curar o coração

ferido e acalmar a alma atormentada.

Kathleen:

E, “Bem-aventurados são os pacificadores” – aqueles que levam a paz de Cristo a

outros – “pois eles serão chamados filhos de Deus”.

Kelly:

No entanto, enquanto você e eu podemos estar seriamente buscando trazer Sua paz

ao mundo, cada pessoa deve encolhê-Lo por si mesma. Ninguém pode beber da “água Viva”

por outra pessoa. Todos devem carregar seu próprio óleo, na sua própria lâmpada.

Música: Enquanto o Sol Brilha

(só instrumento, bem suave)

Kelly:

E, “Bem – aventurado aquele servo que o Senhor, quando vier, achar servindo assim”.

Música: Enquanto o Sol Brilha, 154 –

Todas em vozes

Karen:

Hoje, as moças discípulas de Cristo têm como seu tema: “ Somos filhas do Pai

Celestial que nos ama, e nós O amamos. Serviremos de testemunhas de Deus em todos os

momentos, em todas as coisas e em todos os lugares... ao nos esforçarmos por viver os

Valores das Moças, que são Fé, Natureza Divina, Valor Individual, Conhecimento, Escolhas e

Responsabilidades, Boas Obras e Integridade. Cremos que ao aceitar e agir de acordo com

esses valores, estaremos preparadas para fortalecer o lar e a família, fazer e guardar

convênios sagrados e desfrutar as bênçãos da exaltação.”

Vivian:

Jesus prometeu: “... Aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede;

porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que jorra para a vida eterna.”

Gabriela:

“... e quando tu converteres, fortalece tuas irmãs.”

Gisele:

Pensem sobre isso: - em exercício poderoso de mulheres que escolhem permanecer

em lugares santos, acendendo as lâmpadas da justiça, para que elas possam iluminar um

mundo de trevas. Venham, deixem o mundo para trás! Levantem e sejam Suas filhas!

Música: Sou um Filho de Deus –

Lauréis e MAS

Adriana:

Mais ou menos uma semana antes de Sua morte, enquanto Jesus comia na casa de

Lázaro, e suas duas irmãs, Maria veio a Ele e ungiu Sua cabeça com um ungüento muito

caro. Mesmo que Seus irmãos não estivessem a par de que Sua morte se aproximava, ela o

sabia, e realizou esse ato de adoração. Ela o fez em sinal do Seu sepultamento.

Eloilda:

Essa mesma Maria, que escolheu sentar aos pés de Jesus e escutar sua palavra

enquanto Ele as visitava, parecia entender e saber coisas sobre Ele que mesmo Seus

apóstolos não compreendiam àquele momento.

Amanda:

Maria deu seu tempo ao Senhor quando Ele estava perto.

Música: Assombro me Causa

(só instrumento, bem suave)

Amanda:

E enquanto aquela “boa obra”, que ela escolheu fazer, nunca seria retirada dela, ela

sabia que Jesus deveria deixá-la logo. Ele deixaria a todos.

Sonia P:

E então, tristemente chegou o dia de Sua morte. “YomKippur” – dia do sacrifício, o

dia de lágrimas.

Música: Assombro me Causa –

(arranjo EFY) - solo

Gabrielly:

“Mulher, porque choras? Ele vive, Ele vive, Aquele que Estava morto.” A menos que

tuas lágrimas sejam de alegria. Porque aquele domingo foi “yom somcha” – dia de alegria;

“yom peley” – dia de maravilha. Ele tinha levantado dos mortos. Agora Ele levantou a Si

mesmo.

Izabel:

Milagre dos Milagres! Sua vida inteira foi um milagre – do nascimento através de uma

virgem de Belém, até entregar sua própria vida na cruz

,

e tomá-la de volta. E cada milagre foi

por nós - sempre realizando coisas que agradavam ao Pai.

Tamara:

Sempre tratando dos negócios de Seu Pai! E por tudo isso, uma mulher plenamente

O conhecia – Sua amada mãe, Maria. Quem mais, desde o começo, seria mais familiarizada

com Sua vida miraculosa do que ela?

Débora:

E “Maria guardava todas as coisas, ponderando-as em seu coração.”

Música: Still Believe

(só instrumento, bem suave)

Débora:

Maria – a mãe de seu próprio Salvador. Mas Maria sabia que seu Jesus pertencia a

todos nós.

Música: Still Believe

Débora:

“... Sião disse: O Senhor... esqueceu-Se de mim – Ele, porém, mostrará que não é

assim. Pois pode uma mulher esquecer o filho que está amamentando e deixar de sentir

compaixão do filho de suas entranhas? Sim, pode esquecer. Eu, porém, não te esquecerei...

Eis que te tenho gravada nas palmas de minhas mãos...”

Daniela D:

“Eu, o Senhor vosso Deus... me lembro dos que estão nas ilhas do mar...” ...Eu Me

lembro de toda criatura que criei e a todos Me manifestarei.”

Música: Glória a Deus Cantai

(só instrumento, bem suave)

Vasti:

“... tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também Me convém agregar estas,

e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um pastor.”

Música: Glória a Deus Cantai, 33 -

Todas

Kathleen:

Que homens dentre vós, tendo 100 ovelhas, e perdendo uma delas, não deixa no

deserto as 99 e vai após a perdida até que venha a achá-la? E achando, a põe sobre seus

ombros, gostoso. E chegando á casa, convoca os amigos e vizinhos, dizendo: Alegrai-vos

comigo, porque já achei a minha ovelha perdida.

Kelly:

Assim também o valor das almas é grande a vista d’Aquele que morreu pela

humanidade. “Ninguém tem mais amor do que aquele que dá sua vida por seus amigos.”

Karen:

“Um novo mandamento vos dou, de que vos ameis uns aos outros, assim como Eu

vos tenho amado...”

Vivian:

Amar como Jesus amou. Servir como Jesus serviu. Em uma frase, ser como Jesus e

prosseguir fazendo o bem.

Gabriela

“E quando o Filho do Homem vier em sua glória.. Ele então dirá aos que estiverem à

Sua direita: Vinde, benditos de Meu Pai, herdai o reino que está preparado para vós... Porque

tive fome, e destes-Me de comer, Tive sede, e destes-me de beber; Era estrangeiro e

hospedaste-me; estava nu e vestiste-Me; Adoeci, e visitastes-Me; Estava na prisão e fostes

ver-Me.”

Gisele:

“ Então os justos Lhe responderão, dizendo: Senhor, quando Te vimos com fome, e Te

demos de comer? Ou com sede, e Te demos de beber? E quando Te vimos estrangeiro e Te

hospedamos? Ou nu, e Te vestimos? E quando Te vimos enfermos ou na prisão, e fomos ver-

Te? E respondendo, o Rei Lhes dirá: ... quando o fizestes a um destes Meus pequeninos... a

Mim o fizestes.”

Música: Amai-vos Uns aos Outros

(só instrumento, bem suave)

Adriana:

Amar nosso Salvador é amar nosso próximo. Por isso todos saberão que sois meus

discípulos. Se tiverdes esse amor um pelo outro.

Música: Amai-vos Uns aos Outros, 197 -

Todas

Música opcional:

Eu Sei Que Vive o Meu Senhor – nº 70 (só instrumento, bem suave)

Eloilda:

Se qualquer um de nós estivesse lá, mas não, nós não estávamos. Ao invés disso,

nós estamos aqui. Este é o nosso dia. Este é o nosso tempo. E o que nós faremos? “Vinde a

Mim”, foram as Suas palavras. Não apenas um pronunciamento a todos, mas um convite que

vem a cada um de nós, repetidamente.

Amanda:

Vamos, mulheres! Vamos segui-Lo! Vamos viver de modo a abençoar outros com

Seu amor. Vamos viver de modo a advogar por Eles que estão nos céus. Vamos viver e

alimentar a alma faminta, viver para abençoar na hora da necessidade.

Sonia P:

Irmãs, vamos aprender a amar com alegria. Esse puro amor, o puro amor de Cristo,

é a caridade; e “ A Caridade Nunca Falha”.

Gabrielly:

através disso, nós causaremos um grande movimento, para a diante, entre as

mulheres da igreja – um movimento de compromisso renovado – um movimento no qual, nós

estaremos destinadas a mudar a história...” Um movimento onde partilhamos do puro amor de

Cristo e o compartilhamos com aqueles á nossa volta.

Música: Mulheres Junto à Fonte

(só instrumento, bem suave) – Começando no compasso

25 enquanto a

Izabel

fala o seguinte:

Como disse o profeta Isaías “... com alegria tirareis águas das fontes da salvação.”

Música: Mulheres Junto à Fonte

(começa no compasso 29. pg 3) – cantada por todas

Póslúdio:

Mulheres Junto à Fonte (reprise)

3 comentários:

DRIKA URBANO MENEZES disse...

olá ! Acabei de achar seu blog e gostaria de saber se tem como conseguir as partituras do programa MULHERES JUNTO A FONTE, com as letras em português.
Visitem meu blog: www.recatadas.blogspot.com

Eveliny Ramires disse...

Gostaria muito desse musical. Você tem as partituras irmãs ou sabe me dizer onde conseguir.

Eveliny Ramires disse...

eveliny.ramires@hotmail.com